4.4.13

Meditação


ignoro o livro
livro
me 
de mim
e da insanidade rotineira 
e ruidosa,
arredo a rosa
e os meus
e os mortos d’eu
e me revisto de nada.
estou viva-morta
ante
a
morte-viva
e dou ouvidos
ao barulho do silêncio
que brada brandamente
o mantra do mar...

Janet Zimmermann




Foto: Gregory Colbert 1960


Nenhum comentário:

Postar um comentário