30.3.13

Pázcoa




rebento,
como se fosse meu dia primeiro...
e agradeço tudo do mundo e da galáxia
e as vinte e umas pétalas da flor
assombrosamente bela e pura
que perfuma minha paz renascida
e a brisa soprada pela primeira pluma,
e anjo-da-guardo-as,
uma por huma na caixa...


Imagem: Via Flower story, Facebook





Um comentário: