10.11.12

[E]ternaMente



E quando a morte,
por um tempo longo ou curto,
raso
ou profundo,
incolor e dolor
ido
os separar,
restará a quem restar
no inverno,
o amor debaixo das sobras do tempo,
                           algum olor 
de bolor
nas dobras dos cobertores e
um rastro de paixão provocando a lembrança do primeiro beijo
que a caducidade não cuidará
de para sempre levar...

 J.I.Z


 Imagem: CONTI outra, artes e afins. Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário