4.5.12

NO PRINCÍPIO

Havia um quintal d'abacateiro plantado no céu do meu lar.
Tinha mamoeiro, limoeiro e muito chão de se sujar, 
no tempo em que não se sabia o que era dinheiro e essas coisas de adulto brigar.
Lá tinha plantação sortida pra nossa fome de se esbaldar.
E tinha de tudo pra criatividade da nossa peraltice se alastrar.
Havia passarinhos de todas as flores nos pés de caquis da gente trepar.
Na bergamoteira de cabelo voar, as ramas se arcavam até o chão e voltavam com nossos risos no ar.
Era balanço de criançar
no tempo da gente principiar...


JanetZimmermann
CG_MS








Nenhum comentário:

Postar um comentário