14.5.12

AMOR DA FLOR

Ser
sem
ter,
eis
segredo perfumoso
da flor
que
vem
para alegrar
os
que
não
 brigam
e
os
que
matam
por
ter.
Por
terra.
Por
ferro.
Por
tijolo.
Por 
realeza.

Enquanto 
a pequenez
não se toca,
o outono segue espalhando os confetes
da sua grandeza...






Nenhum comentário:

Postar um comentário