21.4.12

AVESSANDO


Avesso meu lado b.
Reviro meu tempo bom.
Deito
e
rolo
com a felicidade...
Espelho
no pedaço trincado,
sobras de batom.
No assoalho lustrado
me espalho com Petúnia,
a boneca de pano,
e com as velhas cinco marias,
as filhas do abandono...

E renovo a esperança.
Dou corda à bailarina...

Devolvo o filme sem chorar...

#dejiz














Edgar Degas – Prima Ballerina ou A Primeira Bailarina, cerca de 1878, Museu de Orsav

Um comentário:

  1. O Show tem que continuar
    A saudade deve ser esquecida
    Vou procurar novas formas de brincar
    Para continuar sorrindo para a vida.

    ResponderExcluir