1.10.11

ASAS EM SONHO


Fiz planos, 
pretendia longe voar...
Ave minha queria 
levantar voo sobre outros campos.
Em bando.
Em formação.
Seguir as correntes de um novo lugar,
de um novo sereno, 
de uma nova e transparente manhã.
Queria transpor a linha do horizonte alaranjado.
Ah, como queria apalpar aquele dourado!
Queria plainar sobre o mar de cima, 
olhando pro imenso espelho de baixo.
Queria sobrevoar um possível novo amanhã.
Ninho abraçou-me a ficar...

jiz


Imagem: Marcelo Bugre


Um comentário:

  1. Temos raízes, artérias, dívidas até mesmo com nossas próprias almas. Sou fã daqui!

    ResponderExcluir